Alegre é uma pequena e acolhedora cidade do interior do sul do Espírito Santo. Localizado a 300 metros de altitude, no pé da Serra do Caparaó, o município possui cerca de 30 mil habitantes, distribuídos na sede, em Alegre, e nos sete distritos: Anutiba, Araraí, Café, Celina, Rive, Santa Angélica e São João do Norte.

A região é repleta de montanhas que variam de 120 a 1.320 metros de altura e a cidade de Alegre é cortada pelos rios Alegre e Conceição, que fazem parte da Bacia do Rio Itapemirim.

As principais atividades econômicas do município se concentram principalmente na agricultura e pecuária (com destaque para a produção de café) e no comércio e prestação de serviços.

O município se destaca, ainda, por se tornar cada vez mais um importante centro de ensino, pesquisa e extensão do Estado. Com três instituições de ensino superior – a saber, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES), o Centro Agropecuário da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA-UFES) e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre (FAFIA) – a cidade oferece cursos em diversas áreas.

Em termos culturais, a cidade conta com o Teatro Municipal Virgínia Santos, onde os moradores podem apreciar peças de teatro, espetáculos de dança, shows variados. Merece destaque também a Escola de Música Saint’Clair Pinheiro, que realiza um excelente trabalho de formação de músicos; e o Instituto Histórico Geográfico, que desenvolve pesquisas e estudos de história, geografia e ciências afins, especialmente da região de Alegre. Além disso, ao longo do ano a cidade celebra diversas manifestações da cultura e do folclore locais, como boi pintadinho, folia de reis, banda de música, shows na praça da matriz.

A vida noturna se restringe principalmente aos encontros de amigos nos bares e restaurantes que estão espalhados por toda a cidade, que ainda conta com um espaço destinado a eventos  o Parque de Exposições Geraldo Santos, localizado na entrada cidade, próximo ao Teatro Municipal Virgínia Santos.

Um importante marco turístico da região é a conhecida Cachoeira da Fumaça, situada no Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça, com cento e quarenta metros de queda.

Para maiores informações sobre as atrações turísticas e culturais da cidade, consultar os endereços abaixo: