Segurança do Trabalho

Atualmente, o perfil do Técnico em Segurança do Trabalho dirige-se a um profissional que associa em suas funções, atividades laborais definidas e outras que se destacam cada vez mais nas suas atribuições diárias, como as políticas de segurança e os processos de auditoria. Além destas atribuições o técnico responderá individualmente ou em equipes formadas por profissionais de diversas áreas, principalmente a de saúde, buscando através de instrumentos e potencialidades específicos a melhoria das condições de vida na sociedade. 

Entre as funções do Técnico em Segurança do Trabalho estão a prevenção de acidentes, a saúde dos demais trabalhadores e a proteção das instalações do meio ambiente. A existência do profissional das empresas é exigida pela Portaria Nº 3.214, do Ministério do Trabalho. O curso oferece além da formação do Técnico em Segurança do Trabalho, a formação do Auxiliar Técnico em Segurança do Trabalho e o Gestor de Riscos. 


OBJETIVOS

Contribuir para promover da “Qualidade de vida no Trabalho” através da preservação da Saúde dos Trabalhadores e da segurança nos processos, ambientes do trabalho e meio ambiente.

Promover o ensino profissionalizante integrado a diferentes formas de educação e articulado com o ensino médio, visando o desenvolvimento de aptidões para a área preservação da Saúde e a Segurança no Trabalho.

Formar profissionais capazes de interagir em situações novas e desafiadoras com rapidez, ética, responsabilidade, criatividade e autonomia.

Desenvolver nos alunos capacidade de raciocínio, pensamento crítico, espírito empreendedor e capacidade de visualização e resolução de problemas, para que sejam devidamente aplicados no dia-a-dia profissional. 

Atender a demanda crescente de mão-de-obra técnica na área de Segurança no Trabalho. 


MERCADO DE TRABALHO

O Técnico em Segurança do Trabalho atua essencial na implementação de programas de prevenção de acidentes. Dados do Ministério da Previdência mostram que os acidentes de trabalho no Brasil cresceram 86,5% entre 1999 e 2009. 

Os acidentes de trabalho vêm aumentando a cada dia nas empresas, fato que pode ser justificado pela crescente expansão da economia brasileira e da produção industrial, o que leva ao aumento do número de trabalhadores com risco de acidentes nas empresas que não possuem um profissional da segurança do trabalho.

O Técnico em Segurança do Trabalho pode atuar em companhias de siderurgia, mineração e metalurgia que são as com maior oferta de vagas para este profissional. Pode atuar ainda como consultor autônomo de empresas, elaborar laudos ergonômicos e avaliações de riscos físicos. 


 


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A MATRÍCULA

  • Requerimento de matrícula (modelo próprio da FAFIA)
  • 02(duas) fotos 3x4 recentes.
  • comprovante de escolaridade (cópia autenticada ou original)
  • contrato de matrícula assinado pelo responsável, quando menor de 21 anos.
  • cópia da certidão de nascimento ou casamento.
  • carteira de identidade.
  • cópia do CPF.
  • título de eleitor com comprovante de votação na ultima eleição, para maiores de 18 anos.
  • comprovante de residência
  • certificado de reservista, quando do sexo masculino e com idade entre 18 e 45 anos

CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO - 1240 horas (teoria e prática) + 300 horas (estágio) = 1540 horas 

DURAÇÃO DO CURSO – 18 meses

TURNOS DE OFERTA – vespertino e noturno 

Entre em contato

FAFIA - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre.
Rua Belo Amorim, nº 100 - Alegre/ES - 29500-000
CNPJ:  27.069.871/0001-18
  • Telefone: (28) 3552-1412
CNPJ: 27.069.871/0001-18