Pedagogia

1 CONCEPÇÃO DO CURSO

A Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Alegre – fafia - oferece o Curso de Pedagogia desde 1973, formando profissionais para atuação nas disciplinas pedagógicas do magistério. Em cumprimento à legislação vigente o curso foi reestruturado em 2002 e novamente reestruturado em 2007, 2010 e 2014.  A nova estrutura do curso contempla a formação do pedagogo para atuação na docência na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental, bem como para atuação no campo da gestão educacional, desempenhando funções nas áreas de supervisão, administração, orientação educacional.

Tendo como princípio básico que o curso de Licenciatura deve capacitar o futuro professor a assumir a tarefa educativa em sua complexidade, as disciplinas tem um enfoque que supera a visão meramente conteudística e são articuladas no sentido de levar à apreensão dos conceitos das Ciências da Educação do ponto de vista de suas estruturas fundamentais.

Essa articulação global busca romper com a divisão estanque entre as chamadas disciplinas de conteúdo específico "versus" disciplinas pedagógicas. Além disso, tem a preocupação da formação integral deste futuro profissional, estimulando-o a ser agente de seu desenvolvimento profissional e, por conseguinte, um pesquisador de sua prática. Nesse sentido constam do currículo, como atividades obrigatórias, a participação dos acadêmicos em atividades complementares e atividades de extensão.

Dentro dessa visão, os componentes curriculares passam pelo enfoque da instrumentalização para o exercício da profissão, ao  mesmo  tempo que se constroem os conceitos mais amplos. Entendemos por instrumentalização para o exercício da profissão a discussão permanente de pesquisas da área Educação, elaboração de projetos de pesquisa a serem desenvolvidos em salas de aula reais da Educação Infantil e do Ensino Fundamental e Médio e a discussão de seus resultados, além de trocas de experiências com professores que atuam nessas salas de aula. A observação e participação no cotidiano escolar bem como nas atividades de gestão de instituições educacionais, o desenvolvimento de atividades práticas em contextos não escolares, dentre outras atividades realizadas durante o curso visam à formação de um profissional capaz de construir, no dia-a-dia, saberes que ajudarão a propor alternativas efetivas para processo de ensino-aprendizagem e de gestão educacional a partir de um espírito de investigação e reflexão e que saiba se adequar às exigências do contexto onde irá atuar.

Por outro lado, as disciplinas pedagógicas, interligadas às de conhecimento geral sobre o processo educacional, levam em conta a construção do conhecimento, as discussões recentes da psicologia sócio  histórica, a diversidade e a realidade dos grupos sociais que frequentam nossas escolas com o intuito de realmente proporcionar conhecimentos ao futuro profissional para atuar de forma crítica e autônoma em seu trabalho nos contextos escolares e não escolares. Visando a esta formação, o estágio supervisionado inicia-se a partir do 3º semestre/período letivo, por meio de atividades de pesquisa e desenvolvimento de observação e desenvolvimento de atividades nas escolas campo. O estágio supervisionado está integrado às ações de Pesquisa e Prática Pedagógica. O estágio tem como característica básica desenvolver a formação sólida, dentro de um espírito investigativo e de reflexão que proporcione um conhecimento que gere atitudes que conduzam à necessidade de uma atualização permanente, formando um profissional capaz de exercer uma liderança social, intelectual e política na Educação.

 2 REGIME DE FREQUÊNCIA

De acordo com as normas regimentais, o aluno é obrigado a estar presente a no mínimo 75% das aulas dadas de cada disciplina em que ele estiver matriculado. Caso o aluno ultrapasse o limite máximo de 25% de faltas a que tem direito, ficará automaticamente reprovado na disciplina, sem qualquer possibilidade de estudos de recuperação; tampouco lhe será permitido realizar exames finais.

3 REGIME DE MATRÍCULA DOS ALUNOS

A matrícula e rematrícula do aluno são feitas semestralmente no bloco das disciplinas e atividades do período.

4 MISSÃO DO CURSO

A missão do Curso de Licenciatura em Pedagogia insere-se na missão da FAFIA que é promover educação superior comprometida com o desenvolvimento do ser humano dotado de valores éticos, estéticos, políticos sociais e culturais, cuja base seja a preservação da vida e a busca da construção de uma sociedade mais justa, solidária e inclusiva, possibilitando a formação de sujeitos capazes de enfrentar os desafios de um mundo em constante transformação, de desenvolver sua potencialidade empreendedora, de transformar seus conhecimentos técnico-científicos em vantagens para seu sucesso pessoal, para a evolução do setor em que atua e para a melhoria da qualidade de vida e da sociedade.

O Curso de Pedagogia tem como missão precípua possibilitar aos profissionais em formação o domínio do conhecimento específico de sua área de atuação, de modo a contribuir para a sua constituição enquanto cidadão ativo e participante na formação cultural e científica de um povo, bem como lhes possibilitar uma visão ampla das questões educacionais, das questões escolares, do desenvolvimento humano, além de uma cultura geral profissional mais abrangente. Integrada a essa missão está a preocupação em garantir que os egressos tenham uma sólida formação de conteúdos referentes à docência na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, bem como à organização e gestão educacional; uma formação geral envolvendo outros campos do conhecimento necessários ao exercício da função de pedagogo; uma formação pedagógica dirigida ao trabalho em equipe; uma formação que possibilite tanto a vivência crítica da realidade do ensino básico como também a experimentação de novas propostas que considerem a evolução dos estudos na área educacional; um comprometimento político com a equidade social; uma participação ativa e crítica nos destinos da sociedade.

5 OBJETIVOS DO CURSO             

Formar profissionais para exercerem funções de magistério na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, de Educação Profissional, bem como para atuarem na área de serviços de apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.

6 PERFIL DO EGRESSO

Considerando-se a estrutura curricular e os objetivos do curso, o egresso do Curso de Licenciatura em Pedagogia, deverá ter uma visão abrangente do papel social da escola e do educador; a capacidade de expressar-se, escrita e oralmente, com clareza e precisão; a capacidade de aprendizagem continuada, sendo sua prática também fonte de produção de conhecimento; a capacidade de compreender, criticar e utilizar novas ideias e tecnologias; a capacidade de analisar e selecionar material didático e elaborar propostas alternativas; a capacidade de planejamento de cursos com criação e adaptação de métodos pedagógicos; a capacidade de relacionar vários campos da educação para elaborar modelos, resolver problemas na área educacional e interpretar dados; a capacidade de compreender e aplicar a legislação de ensino, os conhecimentos da área da filosofia, psicologia e demais fundamentos da educação.

Deverá reunir competências referentes ao comprometimento com os valores inspiradores da sociedade democrática, competências referentes à compreensão do papel social da escola, ao domínio da didática, das metodologias e do conhecimento pedagógico, competências investigativas que possibilitem o aperfeiçoamento da prática pedagógica e competências referentes ao próprio desenvolvimento profissional.

Além disso, espera-se ainda que o egresso seja um profissional pesquisador, que articule teoria e prática, capaz de prever e solucionar questões dentro de seu campo de atuação e que seja capaz de contribuir para uma educação de qualidade, articulada com o contexto social, político, econômico e cultural da sociedade e do mundo.

7 COMPETÊNCIAS E HABILIDADES ESSENCIAIS

O Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia está alicerçado na RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 2/2015, estando organizado de forma a abranger conteúdos e atividades que constituam uma base consistente para a formação do profissional da educação competente e comprometido com a aprendizagem dos alunos e com a causa educacional. Nesse sentido, busca-se o desenvolvimento das seguintes competências e habilidades:

  • atuar com ética e compromisso com vistas à construção de uma sociedade justa, equânime, igualitária;
  • compreender, cuidar e educar crianças de zero a sete anos, de forma a contribuir, para o seu desenvolvimento nas dimensões, entre outras, física, psicológica, intelectual, social;
  • fortalecer o desenvolvimento e as aprendizagens de crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental, assim como daqueles que não tiveram oportunidade de escolarização na idade própria;
  • trabalhar, em espaços escolares e não-escolares, na promoção da aprendizagem de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano, em diversos níveis e modalidades do processo educativo;
  • reconhecer e respeitar as manifestações e necessidades físicas, cognitivas, emocionais, afetivas dos educandos nas suas relações individuais e coletivas;
  • ensinar Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Artes, Educação Física, na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, de forma interdisciplinar e adequada às diferentes fases do desenvolvimento humano;
  • relacionar as linguagens dos meios de comunicação à educação, nos processos didático-pedagógicos, demonstrando domínio das tecnologias de informação e comunicação adequadas ao desenvolvimento de aprendizagens significativas;
  • promover e facilitar relações de cooperação entre a instituição educativa, a família e a comunidade;
  • identificar problemas socioculturais e educacionais com postura investigativa, integrativa e propositiva em face de realidades complexas, com vistas a contribuir para superação de exclusões sociais, étnico-raciais, econômicas, culturais, religiosas, políticas e outras;
  • demonstrar consciência da diversidade, respeitando as diferenças de natureza ambiental-ecológica, étnico-racial, de gêneros, faixas geracionais, classes sociais, religiões, necessidades especiais, escolhas sexuais, entre outras;
  • desenvolver trabalho em equipe, estabelecendo diálogo entre a área educacional e as demais áreas do conhecimento;
  • participar da gestão das instituições contribuindo para elaboração, implementação, coordenação, acompanhamento e avaliação do projeto pedagógico;
  • participar da gestão das instituições educacionais planejando, executando, acompanhando e avaliando projetos e programas educacionais, em ambientes escolares e não-escolares;
  • realizar pesquisas que proporcionem conhecimentos, entre outros: sobre alunos e alunas e a realidade sociocultural em que estes desenvolvem suas experiências não escolares sobre processos de ensinar e de aprender, em diferentes meios ambiental - ecológicos; sobre propostas curriculares; e sobre organização do trabalho educativo e práticas pedagógicas;
  • utilizar, com propriedade, instrumentos próprios para construção de conhecimentos pedagógicos e científicos;
  • estudar, aplicar criticamente as diretrizes curriculares e outras determinações legais que lhe caiba implantar, executar, avaliar e encaminhar o resultado de sua avaliação às instâncias competentes.
  • promover diálogo entre conhecimentos, valores, modos de vida, orientações filosóficas, políticas e religiosas próprias à cultura do povo indígena junto a quem atuam e os provenientes da sociedade majoritária;
  • atuar como agentes interculturais, com vistas à valorização e o estudo de temas indígenas relevantes.

Entre em contato

FAFIA - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre.
Rua Belo Amorim, nº 100 - Alegre/ES - 29500-000
  • Telefone: (28) 3552-1412