Biologia Licenciatura

1. CONCEPÇÃO DO CURSO:

O Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas, apresentado pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre, FAFIA, teve sua oferta autorizada pela Resolução CEE/ES Nº04/1973 de 08 de fevereiro de 1973, publicada no Diário oficial do Estado do Espírito Santo de 16 de fevereiro de 1973, e pelo decreto Federal nº 72.165, de 02 de maio de 1973, publicado no Diário Oficial da União no dia 03 de maio de 1973. Em 2011, o curso obteve nova Renovação de Reconhecimento, mediante a Resolução CEE/ES nº 2.939/2011, de 14/12/2011, oriunda do Parecer CEE nº 3.296/2011, que foi prorrogada pela Resolução CEE/ES nº 4.548/2016 de 19/05/2016, publicada no D. O./ES em 31/05/2016.

Tendo como princípio básico que o curso de Licenciatura deve capacitar o futuro professor a assumir a tarefa educativa em sua complexidade, as disciplinas tem um enfoque que supera a visão meramente conteudística e são articuladas no sentido de levar à apreensão dos conceitos da Ciência e da Biologia e das Ciências da Educação do ponto de vista de suas estruturas fundamentais. Dentro dessa visão, os componentes curriculares relativos aos conteúdos específicos da área da ciência e da biologia passam pelo enfoque da instrumentalização para o ensino, ao mesmo tempo que se constroem os conceitos específicos.

2. MISSÃO DO CURSO

O Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas tem como missão proporcionar aos alunos/professores em formação o domínio de conhecimentos que permitam observar os fenômenos da ciência da natureza e os processos biológicos e tecnológicos de forma crítica e articulada com uma visão social, política, econômica e cultural, possibilitando sua inserção no campo de trabalho educacional, de modo a contribuir com o desenvolvimento da qualidade de vida. Insere-se nesta missão o compromisso com a formação de Educadores para atuar no 5º ao 9º ano do ensino fundamental e no ensino médio, capazes de promover sua atividade profissional na perspectiva do desenvolvimento e da preservação da vida e do meio. Integrada a essa missão está a preocupação em garantir que os egressos tenham uma sólida formação de conteúdos da ciência e da biologia, bem como conhecimentos pedagógicos.

3. ORGANIZAÇÃO DO CURSO

O Curso é oferecido na modalidade de Licenciatura Plena, carga horária de 4.200 horas/aula (50 min), correspondentes a 3.500 horas, com integralização de no mínimo quatro e no máximo oito anos. A estrutura curricular está organizada de forma a contemplar três eixos básicos: a formação comum aos cursos de licenciatura que compreende conhecimentos filosóficos, educacionais e pedagógicos que fundamentam a ação educativa, bem como conhecimentos de língua portuguesa e de metodologia científica; a formação específica na área de Ciências Biológicas, principalmente dos conhecimentos a serem ensinados; a articulação das dimensões teóricas e práticas indispensáveis na formação do educador.

4. REGIME DE FREQUÊNCIA

De acordo com as normas regimentais, o aluno é obrigado a estar presente a no mínimo 75% das aulas dadas de cada disciplina em que ele estiver matriculado. Caso o aluno ultrapasse o limite máximo de 25% de faltas a que tem direito, ficará automaticamente reprovado na disciplina, sem qualquer possibilidade de estudos de recuperação; tampouco lhe será permitido realizar exames finais.

5. REGIME DE MATRÍCULA DOS ALUNOS

A matrícula e rematrícula do aluno são feitas semestralmente no bloco das disciplinas e atividades do período.

6. OBJETIVOS DO CURSO

O objetivo geral do curso é preparar o professor de Ciências e de Biologia para o exercício do magistério do ensino Fundamental e Médio, de modo que seja capaz de exercer uma liderança intelectual, social, econômica e política na rede de ensino. Este Curso busca ainda a formação de um profissional que tenha conhecimento abrangente da Ciência e da Biologia, com forte formação humanística, capaz de buscar e de se apropriar do saber de forma autônoma e de transmiti-lo, no sentido de uma educação permanente, articulando os aspectos técnico-científicos, sociais, políticos, ambientais e éticos propiciando uma competente intervenção profissional, visando uma efetiva contribuição para uma educação de qualidade.

7. PERFIL DO EGRESSO

O profissional formado no Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas é habilitado para atuar na Educação Básica, especificamente nas disciplinas de Ciências no Ensino Fundamental e Biologia no Ensino Médio. É esperado que o profissional tenha um amplo conhecimento de sua área de formação, que reflita sobre sua prática pedagógica e tenha condições de transformar a realidade da sua escola. Os formandos que atuarem no ensino deverão ser capazes de deter adequada fundamentação teórica, conduzindo seus alunos para o desenvolvimento de conhecimentos práticos e contextualizados, atentando para a formação da cidadania e da pluralidade cultural dos mesmos, que a partir daí terão uma visão ampla do mundo. Além de trabalhar na área de ensino, o licenciado poderá atuar nas diversas áreas profissionais do Biólogo, devido ao aspecto interdisciplinar dos conteúdos abordados e a íntima associação entre pesquisa e ensino ofertado durante o curso. O profissional Licenciado em Ciências Biológicas deverá reunir, ainda, competências referentes ao comprometimento com os valores inspiradores da sociedade democrática, à compreensão do papel social da escola, ao domínio dos conteúdos a serem socializados e do conhecimento pedagógico, que possibilitem o aperfeiçoamento da prática pedagógica e do próprio desenvolvimento profissional.  Espera-se que o egresso seja um profissional pesquisador, que articule teoria e prática, capaz de prever e solucionar questões dentro de seu campo de atuação e que seja capaz de desenvolver um ensino de qualidade, articulado com o contexto social, político, econômico e cultural da sociedade e do mundo.

8. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES ESSENCIAIS:

O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas está organizado de forma a abranger conteúdos e atividades que constituam uma base consistente para a formação do profissional da educação, competente e comprometido com a aprendizagem dos alunos e com a causa educacional. Nesse sentido, busca-se o desenvolvimento das seguintes habilidades e competências:

  • pautar-se por princípios da ética democrática: responsabilidade social e ambiental, dignidade humana, direito à vida, justiça, respeito mútuo, participação, responsabilidade, diálogo e solidariedade;
  • reconhecer formas de discriminação racial, social, de gênero, etc. que se fundem inclusive em alegados pressupostos biológicos, posicionando-se diante delas de forma crítica, com respaldo em pressupostos epistemológicos coerentes e na bibliografia de referência;
  • atuar em pesquisa básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências e da Biologia, comprometendo-se com a divulgação dos resultados das pesquisas em veículos adequados para ampliar a difusão e ampliação do conhecimento;
  • portar-se como educador, consciente de seu papel na formação de cidadãos, inclusive na perspectiva socioambiental;
  • utilizar os conhecimentos da ciência e da biologia para compreender e transformar o contexto sócio-político e as relações nas quais está inserida a prática profissional, conhecendo a legislação pertinente;
  • desenvolver ações estratégicas capazes de ampliar e aperfeiçoar as formas de atuação profissional, preparando-se para a inserção no mercado de trabalho em contínua transformação;
  • utilizar diversas metodologias e saber criar e adaptar métodos pedagógicos em seu ambiente de trabalho;
  • capacidade para dominar recursos e meios tecnológicos em suas relações com os problemas educacionais;
  • capacidade de articular ensino e pesquisa na produção do conhecimento, na prática pedagógica, estabelecendo diálogo entre a área educacional e as demais áreas do conhecimento;
  • capacidade de compreender as relações entre professor, aluno e saber a ser ensinado e selecionar metodologias e estratégias didáticas adequadas ao desenvolvimento e aprendizagem, a partir da compreensão de estudos e pesquisas sobre o tema, análise e vivência de práticas em que esses conhecimentos possam ser experienciados;
  • capacidade de trabalhar com educandos portadores de necessidades educativas especiais, na perspectiva da inclusão, a partir da adaptação curricular das diferentes áreas de conhecimento às necessidades específicas desses estudantes;
  • capacidade de desenvolver trabalho educativo diferenciado em escolas rurais, em cursos de educação de jovens e adultos e escolas com formas diversificadas de organização.

Entre em contato

FAFIA - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre.
Rua Belo Amorim, nº 100 - Alegre/ES - 29500-000
CNPJ:  27.069.871/0001-18
  • Telefone: (28) 3552-1412
CNPJ: 27.069.871/0001-18